Lions vence a quinta partida seguida


britishirishlions

Em um jogo apenas regular dos Lions, que não contaram com seus principais jogadores, foi conquistada a quinta vitória seguida dos visitantes, invictos até agora no Tour. A vítima da vez foi o Western Province, derrotada pelo placar de 23 a 26.

Obs.: sensacional, o relato do jogo saiu antes aqui do que no site oficial do Lions!!

Apesar do placar apertado, não se pode dizer que foi um grande jogo das equipes. O O’Malleys ficou  sem sinal durante os 25 primeiros minutos de jogo, quando o placar marcava 9 a 6 para o time da casa. O sinal voltou bem a tempo de ver o primeiro try do jogo, marcado por Tommy Bowe, sem dúvida o melhor jogador em campo, após grande sequência de passes da linha vermelha.

Menos de 10 minutos depois, outra grande jogada da linha, com uma arrancada espetacular de Bowe atravessando o bloqueio adversário e, mesmo segurado, conseguiu fazer o passe para Ugo Monye marcar o seu terceiro try no tour, e dar tranquilidade para os Lions. O time local pouco levou perigo ao ingoal adversário, e não fossem os chutes perfeitos de Willem de Waal, abertura do Western Province,  o placar mostraria uma vantagem vantagem para o Lions, mas o primeiro tempo acabou mesmo 18 a 12 para os visitantes.

No segundo tempo, não houveram muitas jogadas de perigo. Com pouca posse de bola, o Western Province jogava de modo burocrático, e não conseguia furar a defesa adversária. A certa altura do jogo, a posse de bola marcava 70% a 30% para os visitantes, mostrando o amplo domínio da partida. Ainda assim, o Lions só conseguiu mais um try, depois de uma série de fases dos forwards vermelhos que precisaram de mais 4 fases dentro dos cinco metros adversário para chegar ao terceiro try do jogo, dessa vez com Martin Williams.

Os Lions não conseguiam se distanciar no marcador apesar de seus esforços, pois Willem de Waal continuava a acertar bons chutes, reduzindo a distância que era de 8, para 5 pontos, levando a até então quieta torcida local ao delírio, depois de um try do ponta Joe Pietersen, empatando a partida, na única jogada realmente objetiva do Western Province na partida. A conversão, que daria a vantagem no placar faltando menos de dez minutos para o fim do jogo, não aconteceu, e na sequência, uma sucessão de erros deixou o jogo ainda mais emocionante. Primeiro com James Hook dos Lions que perdeu uma penalidade que definiria a partida, a 5 minutos do fim, depois com Ugo Monye que num lance duvidoso cobrou rapidamente uma bola que havia saído pela lateral, mas o juíz disse que ela não havia cruzado os 5 metros, dando nova oportunidade para o Province em um scrum dentro dos 22m, desperdiçado.

No fim, uma penalidade bem convertida por Hook deu a vantagem necessária para a justa vitória dos Lions, que alcançaram sua melhor sequência em toda história do tour. 

O próximo jogo, é nesta terça, contra o Southern Kings, última partida antes do jogo contra os Springboks, daqui à uma semana.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: