FRC é derrotada pelo Tornados, na segunda divisão do Paulista


Essa notícia foi enviada pelo Marcelo Novo, presidente do FRC, com ajuda do João Marin, jogador da equipe. Com o resultado, a FEA termina o campeonato na terceira posição, mesma colocação obtida no ano passado. A equipe encerra sua participação atrás do Raça Ribeirão e do próprio Tornados, que está começando a se destacar cada vez mais no cenário do Rugby nacional. Não duvido que estejam alçando maiores voos em breve, como fez a FEA recentemente.


Por Marcelo Novo e João Marin

No último sábado (27/Jun) o FRC foi à Indaiatuba jogar contra a equipe local. A partida, válida pela Segunda Divisão do Campeonato Paulista, decidiria o segundo colocado da competição.

O jogo foi bastante equilibrado desde o início. Apesar do time da capital abrir o placar com um drop-kick, os Tornados empataram logo em seguida com um penal. Antes do término do primeiro tempo o FRC marcou dois tries. Um deles foi resultado de um lance de muita raça do ponta Fernando Cora “Jiu-Jitsu” e o segundo em uma jogada rápida da linha, concluída por Lucas Scherholz “Federal”. Ambos os tries não foram convertidos, mas o FEA-Rugby conseguiu aproveitar um penal, e o time do interior conseguiu anotar um tri convertido e outro penal, o primeiro tempo terminou 16 a 13 para o FRC.

No segundo tempo as duas equipes continuaram jogando de forma muito equilibrada. A posse de bola se alternava frequentemente sem que as equipes conseguissem concluir as jogadas com pontos. Entretanto, os Tornados Indaiá
souberam aproveitar melhor as poucas oportunidades que surgiram na segunda metade do jogo. A equipe do interior anotou 7 pontos depois de uma falha de marcação da linha defensiva do FRC, que não distribuiu seus jogadores corretamente depois de uma seqüência de passes em ruck, realizados na altura da linha dos 10m do seu campo. O time local conseguiu anotar ainda mais um try com conversão depois de uma bela jogada do seu abertura, que aproveitou
uma brecha, aplicou um dummy e conseguiu furar a linha defensiva FEAna, driblando o full-back antes de apoiar a bola no in-goal.

Depois disso, uma forte chuva dificultou muito o manejo da bola, reduzindo o ritmo do jogo. O que se observou deste momento em diante foi uma seqüência de knock-ons e scrums. Como nenhuma das duas equipes conseguiu manter a
posse de bola nem desenvolver jogadas ofensivas que conseguissem envolver o adversário, o jogo terminou 27 a 16 para o Tornados.

Ficha técnica:
FRC: Nelson Christofi “Claudinho” (ET), Caíque Neiva “Batatinha” (Romario),
Lucas Scherholz “Federal”, Gustavo Rudge “Piuí”, Nelson Ishida “Judô”, João
Marin “Pafúncio”, João Cortez “Nhoc”, Gustavo Lippi “Frank” (Jauzinho),
Fernando Corá “Jiu-Jitsu” (Fimose), Francisco Franceschi “Jaú” (Bixo),
“Zigoto”, Paulo Cetin “DaLua”, Andre Cieplinski “Xis”, “Ronalducho” e Tom
Silber “Parafina”.
Reservas: Pimenta, Xuxa e Rogeres.
Tries: “Jiu-Jitsu” (17 min) e “Federal” (30 min).
Drop-Gol: “Claudinho” (7 min).
Penais convertidos: Federal (34 min).
Campo: Moinho da Boa Vista, Indaiatuba – SP.
Data: 27/Jun/2009.
Árbitro: Marcelo Murua

Links relacionados:

FEA Rugby

Tornados Indaiá

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: