Curitiba vence Desterro na estreia do Super 8


 

  

Curitiba Rugby 10 versus 00 desterro

Em um dos únicos jogos que contou com partida preliminar dos jogadores do juvenil (M19), o Curitiba Rugby, deu um grande passo para conseguir uma boa posição nesse Super 8, ao vencer em casa a atual campeã da Liga Sul e catarinense, o Desterro.

Com informações de Juarez Villela e de Gustavo Cardoso Vieira, por meio do site do Desterro

No juvenil, deu Desterro  

Pela categoria M-19 o Desterro acabou vencendo o Unibrasil/CRC pelo placar de 10 X 00. Tendo se apresentado com somente 12 atletas aptos, o treinador catarinense procurou a coordenação de base do Unibrasil/CRC para expor os problemas e em comum acordo a partida foi jogada com 12 atletas para cada lado.

 

 Campo bastante molhado e muita lama. Grande parte do jogo ficou próximo ao meio do campo, com o Desterro colocando algus bons chutes no fundo para fazer pressão.

O Desterro esteve mais coeso durante grande parte da partida e fez o placar ainda na 1ª etapa, através de um try convertido e um penal muito bem cobrado perto da lateral do campo.  Os garotos de Santa Catarina conseguiram arrancar um bom try com o full back Grampola e, numa roubada de bola na linha, o abertura Fabian marcou o seu try.

Já na 2ª etapa os garotos do Curitiba foram a luta e jogaram de igual para igual, mas não conseguiram pontuar. 

 

No adulto, Curitiba se vinga da derrota na Liga Sul

 

Se havia um certo favoritismo do Desterro pela conquista inquestionável da Liga Sul, justamente diante do UniBrasil/CRC, coube ao elenco curitibano não só igualar, mas superar a qualidade do rival através daquilo que tem de sobra: coração. Numa partida emocionante do início ao fim, Os Touros venceram o forte time catarinense por 10 X 00 na estréia de ambos no Super 8 deste ano.

 

Coube ao Desterro a iniciativa da partida, jogada sobre o gramado úmido do Campus da PARANA ESPORTE. Ainda que o time anfitrião não o tenha usado nos treinamentos dos últimos 15 dias para poupá-lo, as constantes chuvas que caem há quase 20 dias na capital paranaense deixaram o campo com muita lama e poças d´água.  Porém a defesa curitibana se portava bem, em especial a 3ª linha que atenta não deixava a oposta catarinense avançar, este sendo sempre um dos pontos altos do rival.

 

 A partida mudou o panorama por volta dos 15 de jogo, quando um belo chute do abertura curitibano Vita fez o time ganhar terreno. Conquistando bons line outs e principalmente com a linha tackleando e fazendo o Desterro recuar ao invés de avançar, os centros Juninho e Thoma com tackle e roubada de bola respectivamente colocaram o CRC na frente com a oval sendo colocada debaixo do H catarinense, que convertido deixou o placar em 07 X 00 para Os Touros.

 

 A equipe do Curitiba mostrou grande evolução no line em comparação ao últmo jogo sendo este fundamento bem disputado por ambos times. Já o Desterro mostrou um bom pack de fowards, inclusive transformando alguns penais proximos ao in-goal adversário em scrum e conseguindo ganhar terreno, porém não foi o suficiente para pontuar.

 

O time curitibano cresceu na partida e teve mais bons avanços, bem controlados entretanto, pela defesa catarinense. Assim terminou a primeira etapa da partida bem e tranquilamente apitada pelo jovem gaúcho Ricardo Santana, com o auxílio dos bandeiras Mauricio e Sérgio, além da 4ª árbitra Leca.

 

O Desterro veio modificado para a segunda etapa deixando muito clara sua proposta de jogo: fortalecer ainda mais os forwards para castigar o pack curitibano. Seguiu o campeão da Liga Sul com maior agressividade e ganhando terreno, colocando em prática um bom jogo de mauls e seu tradicional rolo, defendido com afinco pelo time curitibano.

 

A pressão não teve resultados efetivos, mas deixava o UniBrasil/CRC em constante tensão dentro de seu campo de defesa. Por volta dos 20´da etapa complementar o Curitiba Rugby armou três bons contra ataques, sendo dois deles com o full back Pardal que rompeu a linha adversária e por muito pouco não efetuou seu segundo try.

Repetindo o mesmo erro da derrota do ano passado frente a equipe do Niterói, o Desterro deixou de chutar algumas bolas fáceis para os paus e garantir alguns pontos. Um scrum dentro das 5 catarinense por muito pouco não resultou em try e insistindo o time teve a seu favor um penal convertido pelo meia scrum Plinio, fazendo 10 X 00 para Os Touros.

 A partir daí o Desterro foi todo ataque, processando mais alterações na formação dos forwards, o time foi pra cima, colocando a prova a defesa curitibana. Cerca de 10 minutos foram trabalhados com mauls, rucks e pick and go muito próximos ao in goal do UniBrasil/CRC. Formações fixas de line outs  e scrums deram chance ao Desterro de pontuar, tendo inclusive uma vez entrado no in goal curitibano, mas de lá sendo expulso antes da ovalada ter tocado o chão. Com muita raça o time curitibano levantava a torcida com defesas firmes, tackles sucessivos e muita disposição em guardar sua defesa.

Conseguindo se defender bom brios, mas sem encaixar contra ataques e nem se livrar da pressão com chutes, o UniBrasil/CRC bravamente se fechava, se abraçava antes de cada formação fixa e deixava claro que naquele dia, nada entraria na defesa curitibana.

 

Assim, com pouco mais de 2 minutos de acréscimo dado pelo árbitro Ricardo Santana, o UniBrasil/Curitiba Rugby Clube seguiu se defendendo com todo o coração dentro de campo até um penal ser cometido pelo forte time do Desterro, encerrando a partida com o placar final de UniBrasil/CRC 10 X 00 Desterro.

 

Vejam fotos desse jogo direto do álbum do Curitiba Rugby, no Picasa.

 

O Desterro recebe em casa agora o Rio Branco, que precisa se reabilitar diante da derrota para o Bandeirantes, enquanto o UniBrasil/CRC vai até São Paulo enfrentar o Bandeirantes. Será um grande jogo, e pelo fato de serem apenas sete jogos, com o São José, teoricamente fora da briga, pode desde já eliminar um pretendente ao título. 

 

 

O Curitiba Rugby Clube conta com o patrocínio da UniBrasil, do Bourbon Jim Beam e apoio da PARANA ESPORTE, Prefeitura de Curitiba e do Restaurantes Picanha Brava e Maria Polenta , Play Academia e BP Log.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: