Vai começar o Top 14


Top14

A temporada 2009-10 do Top 14, o campeonato francês da primeira divisão, terá inicio nesta sexta-feira. Após fazerem grandes contratações, os clubes franceses criam grandes espectativas para a temporada que está para começar.

Promessas de equipes fortes na Heineken Cup e um campeonato cada vez mais acirrado na disputa pelas primeiras posições – e cada vez mais internacionalizado, com partidas na Espanha e na Bélgica.

O Top 14 2009-10 conta com uma inovação no sistema da competição. Serão disputadas 26 partidas na temporada regular de pontos corridos, como na temporada passada. No entanto, desta vez os seis primeiros colocados avançam para a segunda fase – e não apenas os quatro primeiros, como em 2008-09. Assim, o 3º e o 4º colocados enfrentarão em casa o 5º e o 6º. Os vencedores dessas partidas enfrentarão o 1º e o 2º colocados fora de casa, na fase de semi-finais.

Além disso, os seis primeiros colocados se classificam para a Heineken Cup. Caso uma equipe francesa tenha campanha superior à de todas as equipes inglesas na Heineken Cup deste ano, a França recebe uma 7ª vaga na competição. Os dois últimos colocados serão rebaixados à ProD2, a segunda divisão profissional do país.

A partida de abertura do campeonato será entre Toulon e Stade Français, na cidade de Toulon (na Provença), única partida da sexta-feira, dia 14/8. Os demais jogos serão no sábado, dia 15/8.

 

TOULON_LOGO

O Toulon é a equipe que mais investiu neste ano. Trouxe nada menos que o ídolo inglês Jonny Wilkinson, os Pumas Fernandez-Lobbe e Felipe Contepomi, o escocês Rory Lamont, e o francês ex-Clermont Pierre Mignoni, só para citar os mais famosos. O investimento pesado visa a transformação da equipe provençal em uma verdadeira potência européia.

A única região do sul francês onde o rugby não é o esporte dominante é a Provença, terra dominada pelo grande Olympique de Marselha e das equipes tradicionais da Côte d’Azur: Nice e Mônaco. Toulon, por outro lado, é uma cidade onde o futebol não tem vez. Respira rugby, tem excelentes médias de público, é rica e quer entrar de vez para o mapa dos grandes do continente – por isso tamanho investimento.

 

racing metro

A outra equipe que investiu pesado foram os recém promovidos do Racing Métro, de Paris. Trata-se de um dos clubes esportivos mais antigos e tradicionais da França. Fundado em 1882, por Pierre de Coubertin – mentor expoente dos jogos olímpicos, e árbitro de rugby – o Racing busca reviver seus tempos de glória que pareciam ter ficado para o passado – tanto no futebol como no rugby. Porém, o departamento de rugby profissional se modernizou e veio investindo muito nos últimos anos para retornar à elite do rugby nacional, e rivalizar com o Stade Français, equipe controversa que também é de Paris.

Com a promoção para o Top 14 do Racing, Paris voltará a ter um derby local em uma competição esportiva de elite – lembrando que apenas uma equipe parisiense disputa a primeira divisão do campeonato francês de futebol, o inconstante PSG. Será um clássico brilhante. O Racing contratou nada menos que Chabal, François Steyn e Lionel Nallet, que se juntam aos grandes veteranos Andrea Lo Cícero e Andrew Mehrtens (sim, o grande abertura All Black das copas de 1995 e 1999).

Stade-Francais-Logo-Lg

Já o Stade Français, apesar da pesada perda de Hernandez, que foi para a África do Sul, continua entre os favoritos, credenciado por nomes como Szarzewski, Roncero, Leguizamón, os irmãos Bergamasco, Parisse, Beauxis e o caótico Bastareaud. A grande contratação, contudo, foi o half Julien Dupuy, dos Les Bleus, que atuava pelo Leicester Tigers e ficou famoso por um magnífico try contra o Bath pela Heineken Cup passada. A perda de Hernandez, contudo, pode gerar dúvidas sobre a equipe, que fracassou retumbantemente na temporada passada.

perpignan

O atual campeão Perpignan não contará mais com o All Black Dan Carter. Todavia, que não se duvide dos catalães. O título de 2009 apagou o fantasma do vice-campeonato que a equipe passava desde o início da era profisisonal. Vices da Top 14 e da Heineken Cup, e nenhum título.

Agora as coisas são diferentes, a pressão por conquistas diminui no USAP e a equipe ainda conta com uma equipe muito bem montada. Um scrum competente com o romeno Tincu, os franceses Guirado Nicolas Mas, e o argentino Kairelis. Na linha, Marty, Mermoz, e Porical são os principais nomes. A revelação do ano do título foi o promissor half David Mélé. Com os reforços das demais equipes, talvez o Perpignan não venha a repetir o título, mas deve continuar entre os ponteiros, ou perto deles.

 

CLERMONT_LOGO

Quem está cansado de vice-campeonatos são os amarelos do Clermont. Vice novamente. O clube da Auvérnia conta ainda com um ótimo elenco.  Os franceses Parra, Malzieu, Rougerie, Baby e Faure dão à linha grande poderio de ataque e criatividade, a fazer os adversários tomarem cuidado redobrado.

Se já não bastante, o Clermont contratou o excelente centro dos Springboks Jaque Fourie, que vem jogando muito no atual Tri Nations. Uma linha tão perigosa, unida a um scrum potente, que conta com o gigante georgiano Zirakashvilli e os argentinos Scelzo e Ledesma podem trazer o tão esperado título ao Clermont. Ou mais um vice… A equipe é forte e o campeonato equilibradíssimo.

 

Logo_Stade_Toulousain

Dos grande clubes franceses ninguém duvida, o maior de todos é o Toulouse. Um elenco de craques, sobretudo na linha, com um rugby vibrante e ofensivo, tradicional dos franceses. O Toulouse é sempre favorito em qualquer competição, e não deixará de modo algum de brigar pela ponta no Top 14. Servat, Poux, Albacete, Picamoles, Nyanga e Desautoir entre os forwards, e uma linha repleta de jogadores habilidosos: Elissalde (genial), Kelleher, Michalak, Skrela, Fritz, Jauzion, Kunavore, Clerc (fantástico), Heymans, Poitrenaud e Médard (um dos grande nomes da última temporada).

A equipe perdeu Pelous, que se retirou. E a decepção da última temporada ainda é viva, e pode atrapalhar a equipe na hora decisiva contra os outros grande times do torneio. Mas ninguém tem uma camisa que pese mais que a do Toulouse. Não ganha jogo, mas reergue equipe. E esta é uma grande potência que logo mais se reerguerá.

 

BIARRITZ_LOGO

Das equipes que deverão estar nas primeiras posições, resta falar de duas, as que na minha opinião correrão por fora: Biarritz e Brive. Os bascos do Biarritz tê uma história recente gloriosa, ainda suscitam muito respeito e cuidado da parte dos adversários e ainda bem cotados. Mas a equipe está em decadência, como o último Top 14 revelou. Nenhuma contratação impressionante para uma equipe que precisa muito se levantar de um ano ruim. Iain Balshaw, inglês da seleção, veio, mas é pouco para brigar pelo título. Os grande nomes ainda estão na equipe basca: Thion, Harinordoquy, Yachvilli, Courent, Traille e Brusque.

A equipe ainda conta com o ponta americano sensação Ngwenya, famoso por vencer na corrida Habana na partidas dos Eagles contra os Springboks pela Copa do Mundo de 2007. Os bascos têm bons atletas, mas o mal desempenho recente pode atrapalhar a equipe de brigar seriamente pelo título.

 

brive_logo_250jpg

Já o Brive, equipe campeã da Heineken Cup de 1997, tenta voltar finalmente a trilhar um caminho de sucesso. Está na Heineken Cup 2009-10 e tirou jogadores ingleses importantes da Guinness Prmiership, apostando no rugby anglo-saxão para vencer na terra dos Bleus.

Para fazerem compenhia a Andy Goode, trouxe Flutey e Noon. Trouxe também o perigoso ponta Waqaseduadua, ex-Chiefs, da Nova Zelândia. O Brive almeja o mata-mata, para lá surpreender e retomar seu lugar entre os grandes da França.

 

BAYONNE_LOGO

Das demais equipes, atentar ao rival basco do Biarritz, o Bayonne. A equipe de Rémy Martin e Salvatore Perugini busca finalmente entrar no mata-mata e ir à Heineken Cup. Fizeram um começo meteórico de Top 14 no ano passado, mas perderam fôlego e ficaram de fora da Heineken Cup. Este ano buscam a superação, e não querem mais ficar atrás do Biarritz.

O Bayonne é perigoso, mas com outros rivais se reforçando pesadamente, a tarefa tornou-se de fato árdua para os bascos.

 

MONTPELLIER_LOGO

O Montpellier é outra equipe que busca se superar. Apesar da chegada de Thiéry, 3/4 ex-seleção francesa, e da excelente forma do abertura selecionável Trinh-Duc, e do bom rugby de Ouedraogo, a equipe azul do Languedoc perdeu seu principal jogador: Picamoles. Tenta surpreender, mas não deve assustar os grandes.

 

BOURGOIN_LOGO

Quem vai mal é o Bourgoin. De uma pequena cidade próxima a Lyon, o Bourgoin-Jallieu cresceu muito na última década e chegou a disputar títulos de Top 14 e Challenge Cup até a final. Mas o presente da equipe é péssimo. Endividada e perdendo importantes jogadores, o time busca se inspirar no grande trunfo da última temporada: a excelente, e surpreendente, campanha na Challenge Cup. Pouco para quem quase foi rebaixado no último Top 14. Em 2009-10, o Bourgoin busca permanecer na primeira divisão e começar reencontrar o seu melhor rugby.

 

montauban

O Montauban conta com o fijiano Delasau e como ponto alto da última temporada a excelente partida que fez na Heineken Cup contra o Munster.

Os verdes buscam repetir a satisfatória campanha do Top 14 passado e manter alguma distância do rebaixamento.

castres%20olympique

Já o Castres, segurou na equipe o half Tillous-Borde e tem por objetivo se afastar da ameaça de rebaixamento que o assolou em 2009.

 

Albi logo

O recém-promovido Albi contratou o Puma Lucas Borges para lutar pela permanência na elite.

 

Primeira rodada:

Sexta, dia 14/8: Toulon x Stade Français, em Toulon

Sábado, dia 15/8:

Biarritz x Castres, em Biarritz

Bourgoin x Clermont, em Bourgoin-Jallieu

Montauban x Toulouse, em Montauban

Albi x Racing-Métro, em Albi

Perpignan x Bayonne, em Perpignan

Brive x Montpellier, em Brive

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: