All Blacks vencem e afundam os Wallabies


trinations

aus_logo versus allblacks_white

Os All Blacks passaram por cima do retrospecto ruim e de mais de 80 mil pessoas para vencer sua segunda partida no Tri Nations 2009, mantendo vivas as chances de manter o título em casa, em uma partida emocionante, decidida no último minuto por quem mais senão Dan Carter, em sua volta à seleção nacional.

Azar dos Wallabies, que não tem mais chances de serem campeões, e veem a Bledisloe Cup novamente no país vizinho, depois da terceira derrota no torneio.

Aparentemente, a presença de Dan Carter em campo deu mais segurança ao time inteiro, que trocou os knock ons e passes errados da última partida contra os Boks, por boas jogadas de linha e line outs precisos, principal deficiência frente os sulafricanos. Apesar do técnico neozelandês reforçar que não partiria para o jogo de chutes, tentando resolver o jogo com a linha, 14 pontos da equipe sairam dessa maneira, todos dos pés de Carter. Ainda assim, ele cumpriu a promessa, e os All Blacks procuraram muito o jogo desse modo, conseguindo um try com Ma’a Nonu, e tendo 2 tries anulados.

Mas o jogo não começou nem um pouco favorável aos visitantes. Apesar de abrir o marcador com um penal, os All blacks viram o time da casa empatar rapidamente com Matt Giteau, menos de 5 minutos depois. Apesar do equilíbrio nas ações do jogo, somente os Wallabies cosneguiram marcar, sempre com penalidades de Giteau, aos 15, 30, e aos 40 minutos do primeiro tempo, no último lance, em que os australianos quase sairam com um try, não fosse Jimmy Cowan a impedí-los. Fim de primeiro tempo, 12 a 3 para a Austrália e a torcida em festa.

No segundo tempo, a história mudou. Após ficar com um jogador a menos após um jogador australiano receber cartão amarelo, a partida ficou mais equilibrada, mas o All Blacks não conseguiu reduzir muito a vantagem. A partida estava em 15 a 9 quando os homens de preto tiveram 2 tries anulados, para desespero dos torcedores neozelandeses que estavam no estádio. Ainda assim, o desespero deu lugar à esperança, quando Ma’a Nonu fez o try no canto esquerdo, e Dan Carter converteu, deixando o placar em 16 a 15 para o time visitante, a menos de 15 minutos para o fim.

Mas os australianos aproveitaram um penal infantil cedido e passaram novamente à frente, com Matt Giteau, 18 a 16. Estando a defesa australiana bem sólida, o jeito foi seguir para os chutes. Dan Carter tentou um drop goal de mais de 30 m faltando 5 minutos para o fim, sem sucesso, aumentando a dramaticidade da partida. Para desepero da nação australiana, um penal cedido pelo ponta Lachie Turner, deu a vitória aos All Blacks, após mais um chute preciso de Carter.

Virtualmente sem chances na competição com apenas 2 pontos conquistados em 3 jogos, os Wallabies recebem os Springboks para dois jogos em seu território, tentando melhorar a sua imagem perante a torcida. Os All Blacks seguem vivos no Tri Nations, com 8 pontos, 4 a menos que os sulafricanos, a quem recebem em 12 de setembro.

A classificação está assim:

Equipe:                  ptos   J   V   E   D   saldo

África do Sul         12     3   3    0  0   33

Nova Zelândia        8     4   2    0   2  -14

Austrália                   2     3   0    0  3  -19

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: