Atlas do Rugby: UFF e Leinster


Nesta edição do Atlas do Rugby, um pouco sobre a UFF, campeã do FEA Sevens e Leinster, campeão da Heineken Cup desse ano.

logouff

Nome: UFF Rugby (Universidade Federal Fluminense)

Cidade/Estado: Niterói, Rio de Janeiro

Campo: Campus do Gragoatá, Av. Visconde de Rio Branco s/n

Site: http://www.uff.br/uffrugby

Títulos: Mamuters Universitário (2005, 2007), Torneio Internacional de Beach Rugby (2006), Torneio Carioca da Gema (2007), FEA Sevens (2009)

A equipe surgiu em julho de 2004 à convite do professor do curso de História Marcos Alvito, o argentino Juan Manuel Pardal, na época mestrando do curso de Engenharia na UFF, realizou uma palestra em uma das disciplina da pós-graduação do curso de história. O Dia do Ócio, parte da programação da disciplina, marcou o início do que seria o time de rugby da UFF, sendo a primeira equipe universitária de rugby do Rio de Janeiro. O pássaro Quero-Quero, única “testemunha” dos primeiros treinos e até hoje um freqüentador dos gramados da UFF, tornou-se o símbolo do time.

O grupo cresceu à medida que os jogadores insistiam em convidar amigos para se juntar ao grupo. À medida que os treinamentos se tornaram rotina, os treinos e a bola oval passaram a compor parte do cenário do Campus do Gragoatá. O grupo atraiu estudantes que viam a movimentação dos treinos, estudantes que observam um dos cartazes fixados anunciando o time e até jogadores de equipes do Rio de Janeiro que estudavam na UFF e viram a oportunidade de estender a pratica do rugby à vida acadêmica.

A primeira partida da UFF Rugby ocorreucontra o Vila Real Rugby em um seven a side. Participaram da partida: Juan Pardal, Pedro “Shinho”, Bruno Albudane, Cleeeston, Marcos Alvito, Gustavo Xeroso, Tarso, Monkey, Pança, Rafael Sampaio, Chico e Roberto Mol.

O primeiro torneio da UFF Rugby foi o Torneio Universitário de Rugby Seven-a-Side de Piracibaca (SP), em 2004. Entre vitórias e derrotas o aprendizado foi posto à prova em Piracicaba. Depois de vitórias convincentes contra Londrina, Mamutes e Medicina Ribeirão (este um pouco mais apertado), foram derrotados pela Farmácia-USP e venceram a Engenharia Mackenzie, conquistando o 3º lugar da competição.

O primeiro jogo de XV de um time em seu primeiro ano de existência. O resultado deste jogo: UFF Rugby 26 x 18 RJ Union. Mas o placar, hoje, pouco importa, o marco que este jogo representou sim. A chegada de novos integrantes à UFF a satisfação dos “fundadores” da UFF em ver pela primeira vez mais de 15 jogadores em campo, e toda uma rotina de treinos e novos membros a partir desta data, a disposição para novos compromissos de rugby XV e a participação em competições oficiais da modalidade.

Atualmente o rugby é parte da rotina da UFF e a UFF rugby é uma equipe importante no cenário fluminense, tendo participado de todas as edições do campeonato fluminense (desde a modlidade de etapas ten-a-side até o torneio de XV) e outras competições de âmbito universitário e clubístico.

leinster logo

Nome: Leinster Rugby

Cidade/País: Dublin, Irlanda

Estádio: Royal Dublin Society Arena (18,500)

Títulos: Heineken Cup : 1 (2008/09); Liga Celta: 2 (2001/02 e 2007/08); Irish Inter-Provincial Championship: 22

Site: www.leinsterrugby.ie

O rugby irlandês conta com uma tradição que o acompanha desde os primórdios: as seleções provinciais. Antes da independência da República da Irlanda, em 1916, a ilha da Irlanda era dividida em quatro províncias: Leinster (o leste, onde está a capital Dublin), Munster (o sul), Connacht (o oeste) e Ulster (o norte). E o rugby sempre cultivou as seleções provinciais, sendo talvez esse um dos motivos para a unidade do rugby local – o que o diferencia do futebol, que dividiu a ilha em dois, entre República da Irlanda e Irlanda do Norte.

A união de rugby de Leinster foi fundada em 1875, ano do primeiro campeonato interprovincial. Ao longo da era amadora (até 1995), o Leinster produziu grandes atletas que serviram tanto a seleção nacional como os British and Irish Lions. Sem dúvida, o maior deles foi Tony O’Reilly, que jogou pela seleção esmeralda nas décadas de 50 e 60, e, mesmo não tendo ganho o Seis Nações, é até hoje um dos maiores jogadores da história de seu país, tendo jogado dois tours dos Lions e sendo condecorado com o Hall da Fama da IRB. Um detalhe sobre Tony O’Reilly: ele foi CEO da indústria Heinz, de ketchups, mostardas e afins.

Com a profissionalização, a união irlandesa optou por profissionalizar as províncias, que passaram a disputar a Heineken Cup. Em 2002, a equipe passou a disputar a Liga Celta – torneio que reúne equipes da Irlanda, País de Gales e Escócia.

No entanto, sem dúvida o ano mais glorioso da equipe foi 2009, com a conquista inédita da Heineken Cup. Com um elenco cheio de grandes jogadores, grande parte dos quais tendo participado da histórica conquista irlandesa do Seis Nações do mesmo ano, o Leinster superou seu grande rival, o Munster, e, na final derrotou os ingleses do Leicester Tigers. Tudo isso com o genial Brian O’Driscoll em campo, certamente um dos maiores atletas da história do rugby irlandês. Hoje, o Leinster tem uma das maiores torcidas da Europa, tendo batido o recorde de público em uma partida de Heineken Cup: em 2009, 82 mil pessoas assitiram a Leinster x Munster, no Croke Park de Dublin.

Anúncios

2 Respostas

  1. Prezados,
    existe um pequeno erro nesta postagem.

    A UFF Rugby possui campo sim!
    Endereço: Campus do Gragoatá. Av. Visconde do Rio Branco, s/n.

    Não é um campo somente de rugby, mas é o nosso campo e onde fazemos todos os jogos como equipe mandante.

    Atenciosamente,
    Luís Otávio (Gaúcho)
    UFF Rugby

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: