Springboks campeões do Tri Nations 2009


trinations

   allblacks_white29 versus 32  SouthAfricalogo

Os Al Blacks receberam a África do Sul em Hamilton, pela penúltima rodada do Tri Nations 2009 com uma difícil missão: vencer os adversários e ainda com um ponto extra. Só assim o time da casa conseguiria manter suas chances de título. Não conseguiram. 

A grande partida serviu para matar a dúvida levantada no último post. Nasceu uma dinastia. Os Springboks faturam seu primeiro Tri Nations desde 2004.

A partida não começou muito promissora para o time da casa. Após fazerem 3 a zero devido um penal logo no primeiro minuto de jogo, os All Blacks levaram a virada com Frans Steyn, marcando aos 5 e aos 10 minutos, esse último de mais de 50 metros. Essa é uma das maiores críticas dos adversários da África do Sul inclusive: a aposta cega em penalidades de longa distância e em chutes seguidos de muita correria para para ganhar terreno, como se fugissem do jogo de contato, duas táticas muito eficazes, pode-se dizer. Mas é algo previsto no regulamento e não se pode acusar os Boks de anti jogo na minha opinião.

As tentativas neozelandesas de irromper rumo ao ingoal adversário não eram bem sucedidas, sempre paradas pela defesa adversária. Através de um penal, Dan Carte empatou,  minutos mais tarde. Mas a noite era realmente dos visitantes, e após um drop de Morne Steyn, os sulafricanos conseguiram seu primeiro try da partida, após um erro de Rokocoko não soltar a bola proveniente de um chute e sobrar para Bakkies Botha. O gigante foi derrubado a poucos metros do ingoal, mas Fourie du Preez conseguiu fazer o try após um ruck. Com a conversão de Steyn, 16 a 6 para a África do Sul. 

As equipes ainda marcaram com Carter (duas vezes) e Morne Steyn, sempre em penalidades. Antes do fim do primeiro tempo, Frans Steyn marcou mais 3 pontos em um penal. Fim do primeiro tempo, 22 a 12 para os Boks, e o título na mão.

No segundo tempo, mais um erro de Rokocoko quase deu o segundo try aos adversários, mas Du Pleiss, foi impedido pela defesa kiwi, a metros do ingoal. Depois foi a vez do time da casa levar perigo, duas vezes com Ma’a Nonu, conseguindo superar a defesa adversária, mas cedendo a posse logo depois, derrubando a bola, o famoso knock on.

Aos 10 minutos da etapa final, de Villiers interceptou um passe de Dan Carter e correu  até apoiar no ingoal adversário, sem oposição, marcando o segundro try de sua equipe. Com uma conversão fácil, Morne Steyn fez 29 a 12 sobre o time da casa. Praticamente sem esperanças, os All Blacks precisavam reagir imediatamente se quisessem alguma coisa na partida. E reagiram. Cinco minutos depois, Sivivatu marcou um try, convertido por Carter, reduzindo a distância para 10 pontos. A diferença de pontos foi à 7, após mais um chute de Carter.

Finalmente eles haviam achado o caminho. Com bolas longas e rápidas, os neozelandeses conseguiram criar os espaços para fugir da forte defesa sulafricana, e tornaram o jogo mais dinâmico. Ainda assim, quem marcou novamente foi Morne Steyn, após um penal resultante da infalível tática de chutes longos e pressão sobre a defesa, forçando o erro adversário.

No fim da partida, o capitão Richie McCaw ainda conseguiu um try, após receber a bola em um grande chute cruzado de Carter. recebendo a bola no ingoal e apoiando. Com a conversão de Carter, a diferença foi reduzida a apenas 3 pontos, mas era tarde demais para continuar a reação. Placar final, 32 a 29 para os novos campeões do Tri Nations e mais líderes que nunca do ranking da IRB.

Não só os Springboks comemoraram o título em território adversário, como também comemoram o fato de ter vencido as 3 partidas contra os All Blacks neste ano.

A última rodada do Tri Nations ocorre na próxima semana entre All Blacks e Austrália, válido pela Bledisloe Cup. Quem vencer, leva o vice.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: