Resultados do final de semana – Heineken Cup


A Heineken Cup chegou à sua segunda rodada com ótimos jogos. E quem achava que a ESPN não transmitiria nenhum jogo, teve uma ótima surpresa nesta segunda-feira, com a transmissão de uma fantástica peleja entre Ospreys e Clermont. Vamos aos jogos!

heineken-cup

Grupo 1

O Grupo 1 da Heineken Cup embolou de vez. O Northampton Saints, que liderava o grupo após brilhante vitória sobre o Munster, foi derrotado pelo Perpignan, na França. Os franco-catalães precisavam desesperadamente da vitória, para apagar o vexame da estréia. Jogando no Stade Aimé Giral, o atual campeão francês começou muito bem a partida, conseguindo um penalty try à favor e anotando um segundo try (pelas mãos do centro David Marty), virando o primeiro tempo com ótimos 20 x 8. O início do segundo tempo teve o Northampton mais consistente, que anotou um try. Porém, logo veio a resposta do Perpignan, que garantiu a vitória com três penais convertidos por Porical. 29 x 13. Vitória vital para a equipe da Catalunha francesa.

Na outra partida do grupo, o Munster não teve dificuldades para superar o Benetton Treviso, em Limerick, Irlanda. Ser zebra pela segunda vez consecutiva não é para qualquer um, ainda mais se enfrentando um gigante do rugby europeu sedento por uma vitória que paagasse a derrota na estréia. Resultado? 41 x 10 para Munster, com 7 tries anotados para o Red Army e apenas 2 para os italianos.

Resultados:

Perpignan 29 x 13 Northampton Saints, em Perpignan, França

Munster 41 x 10 Benetton Treviso, em Limerick, Irlanda

Classificação:

1 – Munster – 6 pontos

2 – Perpignan – 5 p.

3 – Northampton Saints – 4 p.

4 – Benetton Treviso – 4 p.

Grupo 2

O Grupo 2 segue dominado pelo Biarritz. Após boa estréia, os bascos obtiveram fenomenal vitória, desta vez sobre o Gloucester. Foi um categórico atropelamento, com direito a hat-trick (3 tries) do ponta estadounidense Takudzwa Ngwenya, em partida exuberante. O time da França ganhou com folga, dominando toda a partida. Os tries de Voyce e Boer serviram para salvar a honra inglesa. Erinle e Courrent deram os números finais à fantástica vitória de um time que vinha acumulando grandes decepções até a metade dste ano. O Biarritz está mesmo renascendo, enquanto o Gloucester está em queda livre. O time inglês não é metade do que era até o começo deste ano.

Em partida menos badalada, na cidade galesa de Newport, os Dragons venceram em jogo equilibrado contra Glasgow Warriors, da Escócia. O triunfo dos dragões de Gwent colocou o time em segundo na tabela do grupo. Todavia, correr atrás do Biarritz não deverá ser fácil. O grupo tem seu grande favorito bem definido.

Resultados:

Newport Gwent Dragons 22 x 14 Glasgow Warriors, em Newport, País de Gales

Biarritz 42 x 15 Gloucester, em Biarritz, França

Classificação:

1 – Biarritz – 9 pontos

2 – Newport Gwent Dragons – 5 p.

3 – Gloucester – 4 p.

4 – Glasgow Warriors – 1 p.

Grupo 3

O “grupo da morte” segue espetacular. Em partida transmitida para o Brasil pela ESPN, os Ospreys obtiveram uma imprescindível vitória em casa sobre o Clermont. O resultado de 25 x 24 diz quase tudo. Só não diz que esta foi a histórica milésima partida da Heineken Cup – que teve início com o jogo Farul Constanta, da Romênia, contra o Toulouse, no Leste Europeu. Assim, que grande partida a Heineken Cup teve para comemorar esse momento histórico! Os galeses começaram impossíveis. Dois tries sobre o Clermont em menos de 30 minutos, dominando por completo o embate. O terceiro try veio no finzinho da primeira etapa, com o full back Barry Davies. Primeiro tempo de tirar o fôlego por parte dos Ospreys. Contudo, os franceses têm um baita time, incisivo e sempre muito agressivo no ataque. A linha amarela veio com tudo no segundo tempo, e o try de Benoit Baby marcou apenas o começo de um segundo tempo emocionante. Em menos de 10 minutos, os franceses anotaram mais dosi tries! Uma avalanche amarela caiu sobre os Ospreys, deixando a torcida atônita. Clermont à frente, com mais de metade do segundo tempo pela frente. Todavia, o jogo ficou parelho, com os galeses se recuperando do péssimo início de etapa. Um penal convertido por Biggar, aos 63 minutos, mexeu pela última vez no placar, dando uma sofrida vitória aos Ospreys. 25 x 24, e os dois times ficam empatados no segundo lugar do grupo. A liderança é do Leicester Tigers, que atropelou o Viadana. Muitas emoções pela frente ainda! Grupo segue completamente sem favoritos.

Resultados:

Viadana 11 x 46 Leicester Tigers, em Viadana, Itália

Ospreys 25 x 24 Clermont, em Swansea, País de Gales

Classificação:

1 – Leicester Tigers – 8 pontos

2 – Clermont – 6 p.

3 – Ospreys – 6 p.

4 – Viadana – 0 p.

Grupo 4

O Grupo 4 contou com uma excelente partida: o grande clássico europeu Bath x Stade Français, no domingo. À despeito da péssima fase pela qual passam os ingleses do Bath, a equipe de fato se superou frente ao time parisiense. O fijiano do Bath, Nicky Little, estava com a pontaria bem calibrada e em grande noite, sendo, inclusive, premiado com um try. No entanto, Little teve pela frente outro jogador em grande noite: Julien Dupuy – ele mesmo, que no ano passado, quando defendia as cores do Leicester, fez um try sensacional para a sua equipe, liquidando com os rivais de Bath na Heineken Cup. Dupuy jogou muito, mantendo o Stade sempre na cola do Bath a partida toda. Com dois tries a favor, contra nenhum do adversário, Bath parecia rumo a uma mais do que bem-vinda vitória. Mas o try de Ollie Philips, para os franceses, aos 75 minutos cairam como um balde de água fria. O Stade Français colou no placar faltando 5 minutos para o final. Julien Dupuy perdeu a conversou. Mas se redimiu no minuto derradeiro. Aos 79, o vibrante half acertou um penal e deu a vitória à equipe rosa. 29 x 27, e o Recreation Ground de Bath calado. Não foi desta vez que o Bath deu a volta por cima. Mas a excelente partida que realizou traz melhores esperanças a seus fanpaticos torcedores. Já o Stade Français se coloca mesmo como o franco favorito para vencer o grupo.

Na outra partida, os escoceses do Edinburgh e recuperaram da derrota na estreia e venceram Ulster, que vinha de vitória. A partida prometia bastante, já que ambos vêm muito bem na Magners League e ambos estão sedentos por uma grande campanha européia – o Ulster precisa mais do que nunca voltar a ser grande no continente, e Edinburgh precisa se afirmar como uma força consistente no cenário internacional. Sem Chris Paterson, exímio chutados, os escoceses precisaram da pontaria de Phil Godman para competir com o espetacular veterano Ian Humphreys, do Ulster. E o jogador escocês não decepcionou. Com 4 penais acertados, ele ajudou sua equipe a sair vitoriosa de campo. 17 x 13.

Resultados:

Edinburgh 17 x 13 Ulster, em Edinburgo, Escócia

Bath 27 x 29 Stade Français, em Bath, Inglaterra

Classificação:

1 – Stade Français – 8 pontos

2 – Ulster – 5 p.

3 – Edinburgh – 4 p.

4 – Bath – 0 p.

Grupo 5

Sale Sharks e Cardiff Blues se enfrentaram na cidade de Stockport, na Inglaterra. Ambos com más campanhas em seus respectivos campeonatos. O Cardiff Blues, entretanto, vinha de boa vitória sobre os Harlequims, na estreia da Heineken Cup, enquanto os Sharks haviam sido massacrados por Toulouse. Com isso, talvez houvesse leve favoritismo para os azuis de Cardiff, mas isso não se processou em campo. O jogo foi extremamente parelho, e a vitória dos tubarões foi um grande alívio para a torcida presente, que ficou com o coração na mão até o apito final. Após dominar a primeira etapa e chegar à metade do segundo tempo com três tries anotados e boa vantagem no placar, os Sharks arrefeceram. Permitiram a reação do Cardiff que, contudo, foi tardia. O try de Sowden-Taylor, aos 77 minutos, foi convertido, mas veio tarde. Ao final, vitória de Sale por um ponto, e alívio para todos no norte inglês.

A outra partida foi tambpem muito equilibrada. Os Harlequins receberam Toulouse e precisavam de qualquer jeito da vitória para avastar o péssimo início de temporada. No entanto, mesmo com Ugo Monye em grande noite, anotando 2 tries, os londrinos não foram capazes de superar o poderoso Toulouse. Os franceses, contudo, não impressionaram, e novamente mostraram problemas para jogar no The Stoop. Os franceses fizeram um primeiro tempo ruim, mas souberam reagir logo no início, com 3 tries em menos de 15 minutos, demonstrando um jogo de uma equipe aspirante á campeã. Mas, se Toulouse quiser mesmo o título, não poderá passar pelos apertos que passou na primeira etapa.

Resultados:

Sale Sharks 27 x 26 Cardiff Blues, em Stockport, Inglaterra

Harlequins 19 x 23 Toulouse, em Londres, Inglaterra

Classificação:

1 – Toulouse – 9 pontos

2 – Cardiff Blues – 5 p.

3 – Sale Sharks – 4 p.

4 – Harlequins – 1 p.

Grupo 6

Quando todos esperavam mais uma grande apresentação do London Irish, ainda mais jogando em seus domínios, a grande zebra deu as caras. Os Scarlets, vice-lanternas da Magners League, jogaram um rugby que há muito não jogavam. O Irish começou o jogo logo anotando um try, com o asa Danaher. Os galeses responderam logo em seguida, com um sensacional try do full back Daniel Evans. Aos 27 minutos, os londrinos anotaram outro try, repondido com mais um sensacional try gales, desta vez pelas mãos do ponta capitão Mark Jones. O jogo prometia muito para o segundo tempo, mas apenas um try foi anotado, por Tagcakibau, para o London Irish. Contudo, dois penais soberbamente convertidos pelo grande Stephen Jones, aos 72 e aos 78 minutos deram o triunfo aos galeses. Fantástico!

O outro jogo do Grupo 6 foi entre Brive e Leinster, duas equipes que necessitavam muito da vitória. Mesmo jogando na França, o Brive não foi capaz de deter os atuais campeões da Heineken Cup, mordidos pela derrota em casa na estreia. A vitória foi contundente, com Johny Sexton impecável nos chutes. Contudo, o grande destaque foi Kevin McLaughlin, terceira linha irlandês que saiu do banco de reservas para anotar dois tries no segundo tempo. A combinação de resultados colocou o Leinster em segundo, à frente (no saldo de pontos) do London Irish. A liderança é do surpreendente Scarlets, renascendo na Heineken Cup. O Grupo 6 ainda promete muito!

Resultados:

London Irish 25 x 27 Scarlets, em Reading, Inglaterra

Brive 13 x 36 Leinster, em Brive, França

Classificação:

1 – Scarlets – 8 pontos

2 – Leinster – 5 p.

3 – London Irish – 5 p.

4 – Brive – 0 p.

Challenge Cup

Challenge Cup

A segunda rodada da Amlin Challenge Cup assistiu a um grandioso confronto. A sensação francesa, o Toulon, recebeu a sensação inglesa, o líger da Guinness Premiership Saracens. O jogo correspondeu às expectativas, com 3 tries para os provençais e 2 para os londrinos. Gabi Lovabalavu, do Toulon, fez dois tries que, somados à perfeita pontaria de Jonny Wilkinson, deram a vitória para os franceses, em duelo de titãs. 31 x 26. Outro jogo importante foi a estreia do Racing Métro em casa em uma competição europeia. O time de Paris enfrentou o outro francês de seu grupo, o Bayonne. E a estreia, que tinha tudo para ser feliz, terminou com derrota para o time de Mehrtens e Chabal. 20 x 16 para os basco-franceses.Em duelo França-Inglaterra, o Newcastle Falcons atropelou o Albi. Vamos aos resultados:

Grupo 1

Bucaresti Oaks 19 x 21 Bourgoin, em Bucareste, Romênia

Leeds Carnegie 37 x 13 Rugby Parma, em Leeds, Inglaterra

Classificação:

1 – Bourgoin – 8 pontos

2 – Leeds Carnegie – 5 p.

3 – Bucaresti Oaks – 5 p.

4 – Rugby Parma – 0 p.

Grupo 2

Montpellier 19 x 22 Connacht, em Montpellier, França

Olympus Madrid 5 x 38 Worcester Warriors, em Madrid

Classificação:

1 -Connacht – 9 pontos

2 – Worcester Warriors – 6 p.

3 – Montpellier – 5 p.

4 – Olympus Madrid – 0 p.

Grupo 3

Toulon 31 x 23 Saracens, em Toulon, França

Rovigo 11 x 76 Castres, em Rovigo, Itália

Classificação:

1 -Toulon – 8 pontos

2 – Castres – 5 p.

6 – Saracens – 5 p.

4 – Rovigo – 0 p.

Grupo 4

Rugby Roma Olimpic  0 x 57 London Wasps, em Roma, Itália

Racing Métro 16 x 20 Bayonne, em Paris, França

Classificação:

1 – Bayonne – 9 pontos

2 – London Wasps – 9 p.

3 – Racing Métro – 2 p.

4 – Rugby Roma Olimpic – 0 p.

Grupo 5

Montauban 27 x 10 Petrarca Padova, em Montauban, França

Newcastle Falcons 45 x 3 Albi, em Newcastle, Inglaterra

1 – Newcastle Falcons – 10 pontos

2 – Montauban – 8 p.

3 – Petrarca Padova – 1 p.

4 – Albi – 0 p.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: