Gales se recupera frente Samoa


pais de galesversus     samoa

Em um jogo morno, o País de Gales se recuperou da derrota para os All Blacks e venceu Samoa por 17 a 13, em um final emocionante, em que o time da casa segurou os visitantes a qualquer custo para garantir a vitória.

Após encarar mais um haka, dessa vez o Siva Tau, os galeses tiveram seu trabalho facilitado, com um cartão amarelo para o fullback samoano Lui, convertido em 3 pontos para a equipe galesa, que jogou com a controversa camisa amarela, ao invés da tradicional vermelha, mais bonita por sinal. Os samoanos não deixaram por menos e empataram com um penal de 35m, bem cobrado por Fili, o abertura.

A superioridade numérica se traduziu em um try, com Halfpenny recebendo um grande chute cruzado de Biggare apoiando a bola no canto, que fez grande jornada, mostrando-se uma alternativa futura a Stephen Jones.. Faltou a precisão nos chutes do atual líder galês. Da ponta, a bola foi pra fora, mas passou perto. Na sequência, o jogador de redimiu, anotando mais 3 pontos, fazendo 11 a 3, tranquilamente para os donos da casa.

O domínio se seguiu, mas os tries não saíram, pois Tuilagi emplacou 3 tackles seguidos no ataque adversário, impedindo o maior distanciamento no placar. Foi o momento de reação samoana, que passou a jogar melhor, apostando na famosa velocidade de sua linha para ameaçar os donos da casa. Ainda assim, tudo o que conseguiram foi um penal bem batido por Fili, fechando o palcar em 11 a 6 ao fim do primeiro tempo. Census Johnston teve uma chance, desperidçada.

No reinício do jogo, Halfpenny tratou de ampliar a vantagem, marcando 14 a 6 logo aos 3 minutos de jogo, mas a melhor notícia para os galeses chegou mais tarde, com Tuilagi recebendo um cartão amarelo. O defensor implacável estava de molho e era a chance perfeita para fechar a partida. Após acertar mais um chute, o ataque galês parou, desperdiçando algumas boas chances com knock ons e boas corridas que por falta de apoio, defeito que também sse mostrou preocupante no jogo contra a Austrália, não deram em nada.

Ironicamente, quem fez o try na sequência, faltando 20 minutos para o fim, foi Samoa, após grande interceptação de Mapusua  no centro que correu sem oposição até o centro do ingoal adversário. Com a conversão, a vantagem ficou em apenas 4 pontos, e o time das Ilhas do Pacífico pressionaram muito pela vitória, especialmente no scrum, mas os galeses seguraram bem os forwards adversários e a linha também impediu avanços de Samoa.

A vitória foi bem recebida pela torcida, que comemorou a vitória, mas não escondeu a sua preocupação com a fragilidade da equipe quando a vitória parecia definida.

O País de Gales recebe a Argentina no próximo fim de semana, enquanto Samoa visita a França, ou seja 2 grandes jogos.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: