Resultados do final de semana


Fim de semana recheado de amistoso internacionais, disputadas por vagas na Copa do Mundo e de partidas da Anglo-Welsh Cup! Vamos aos resultados!

Cinco grandes partidas dos Tests de fim de ano marcaram este final de semana. Na sexta-feira , a tivemos as vitórias da França sobre a África do Sul, por 20 x 13, em Toulouse; e do País de Gales sobre Samoa, em Cardiff, por apertados 17 x 13. No sábado, mais duas grandes partidas. Itália x Nova Zelândia e Inglaterra x Argentina.

Jogando no San Siro de Milão completamente lotado – com 80,000 no estádio – a seleção italiana mostrou muita força e soube resistir soberbamente à clara superioridade All Black. A vitória, como não poderia deixar de ser, foi neozelandesa, por 20 x 6. Mas com apenas um try anotado a favor dos homens de preto, a partida de Milão entrou definitivamente para a história da Azzurra. È vero que os All Blacks entraram com 12 reservas em campo, mas a pressão que a Itália imprimiu nos minutos derradeira nas 22 All Blacks mostram que os italianos evoluiram. Não sei se da forma como muitos gostariam, mas as perspecrivas futuros são positivas para o rugby da Bota. Uma derrota no placar, mas uma vitória fora de campo.

Em Twickenham, Londres, a Inglaterra recebeu a Argentina, em jogo de grande rivalidade. Um try no final do jogo de Matt Banahan e uma ótima partida de Jonny Wilkinson deram a vitória aos ingleses, que não dominaram a partida. Mesmo melhor que os ingleses no jogo de forwards, os Pumas não souberam capitalizar a superioridade em pontos. O primeiro tempo inglês foi muito fraco, e os argentinos poderiam ter virado o jogo na frente. Mas não o fizeram. Nervosos demais para concluir com efetividade as jogados, os Pumas vacilaram quando não podiam, e a vitória caiu nos colos da Inglaterra. 16 x 9.

Ainda no sábado, a Escócia recebeu Fiji, em Murrayfield, com fraca presença de público. 23 x 10 a favor dos escoceses, que subiram e desbancaram os fijianos no ranking mundial.

No domingo, no Croke Park de Dublin, Austrália e Irlanda se enfrentaram, em partida que marcou o 100º jogo de Brian O’Driscoll pela seleção esmeralda. Sorte dos irlandeses que “in BOD they trust”! Até os 80 minutos os Wallabies venciam por 20 x 13, com tries de Drew Mitchell e Rocky Elsom. Para os irlandeses, o try anotado foi de autoria de Tommy Bowe, em fase sensacional. Eis que surgiu a figuro do fora-de-série Brian O’Drisvcoll. Em partida apagada, BOD mostrou que basta a ele uma jogada para se tornar o homem da partida. Após grande jogada de Bowe, BOD cruzou a linha de defesa australiana sem ser sequer tocado, e anotou o try. O’Gara converteu e empatou a partida. 20 x 20, e fim do sonho do Grand Slam para a Austrália.

Outros amistosos movimentaram o final de semana. Em Sendai, o Japão surpreendentemente pulveriozu o Canadá. 46 x 8. Em Piacenza, a Itália A ganhou fácil da Romênia, 33 x 6. O que mostra a franca decadência do rugby romeno….

Em Tblisi, a Geórgia derrotou os Jaguares argentinos (a Argentina A) por apertados 24 x 22. E, por fim, a Irlanda A atropelou Tonga, por 48 x 19. Fraco resultado para a equipe do Pacífico, que não parece fazer sombra à seleção da Copa do Mundo de 2003 que assustou e muito os Springboks e chagou às quartas de finais.

Nas partidas válidas pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2011, vitórias de Namíbia e Estados Unidos, ambos fora de casa.

A Namíbia visitou a Tunisia, em jogo que prometia muita emoção, pelo passado recente do confronto. Desta vez, os Welwitschias não deixaram dúvidas sobre sua superioridade. Mesmo contra uma valente seleção tunisiana, a Namíbia mostrou que o profissionalismo de muitos de seus atletas, acostumados a um nível muito superior de rugby, faz toda a diferença. Vitória por 18 x 13, em Túnis. Para o jogo de volta, a Tunísia terá que se superar e muito para reverter a desvantagem. Jogando em Windhoek, os Welwitschias deverão confirmar o favoritismo e ir à quarta Copa do Mundo consecutiva.

Em Montevidéu, com um público a meu ver decepcionante, o Uruguai recebeu a seleção dos Estados Unidos. Com quatro tries anotados em erros capitais dos Teros, os norte-americanos foram muito superiores aos uruguaios durante toda a partida. Usasz, Swiryn (duas vezes) e Wyles fizeram para os Eagles, enquanto Hercus, em dia não muito inspirado, anotou 2 conversões e 1 penal. O destaque da partida pelos Estados Unidos foi o capitão Todd Clever, dos Lions, da Africa do Sul. Ngwenya, muito badalado, fez partida apagada. Contudo, o destaque do jogo foi uruguaio. O full back Etcheverry fez uma monumental partida. Chutou 4 penais e fez um try de suma importância para os Teros, aos 79 minutos. Converteu-o e colocou o Uruguai a apenas 5 pontos atrás no placar: 22 x 27. Com isso, os sul-americanos ainda têm chances na partida de volta, na Flórida, mas a tarefa pode ser considerada quase impossível, ainda mais se jogarem o que jogaram no Estádio Charrua.

Na Europa, a República Tcheca jogou fora a última chance que tinha de ir à Copa. Foi derrotado por 45 x 30 (deve ter sido um grande jogo!) pela Moldávia, fora de casa, em Chisinau. A vitória dos moldavos deixou a Segunda Divisão A do European Nations Cup (o Europeu de Nações) completamente embolado. A Ucrânia já está com o título da divisão garantido, e já tem vaga na próxima fase das Eliminatórias para a Copa do Mundo. Mas apenas 2 pontos separam a segunda colocada (Polônia) da lanterna Moldávia (quinta colocado). A briga contra o rebaixamento segue quente na 2A! Vale lembrar que uma vitoria na competição vale 3 pontos, o empate 2 e a derrota 1.

Após 6 (de 8 ) rodadas, a classificação da 2A é a seguinte:

1 – Ucrânia – 16 pontos

2 – Polônia – 12 p.

3 – Bélgica – 11 p.

4 – República Tcheca – 11 p.

5 – Moldávia – 10 p.

Pela Terceira Divisão B (3B), a Áustria foi derrotada em casa, em Viena, pela Noruega, por 12 x 9. Após 6 rodadas, o norugueses estão em terceiro lugar, e os austríacos são os lanternas (quinto lugar). Por fim, pela Terceira Divisão D (3D), em partida disputada na cidade francesa de Menton, Mônaco foi atropelado por Chipre. 44 x 5, e vice-liderança para os cipriotas, apenas 1 ponto atrás da Bósnia, mas com 1 jogo a menos.

Segunda rodada da Copa Anglo-Galesa (a Anglo-Welsh Cup, ou LV= Cup).

Resultados:

Sale Sharks 27 x 3 Leeds Carnegie, em Stockport, Inglaterra

Bath 21 x 11 Ospreys, em Bath, Inglaterra

Northampton Saints 19 x 3 Saracens, em Northampton, Inglaterra

Leicester Tigers 29 x 20 Newport Gwent Dragons, em Leicester, Inglaterra

Scarlets 32 x 17 Worcester Warriors, em Llaneli, País de Gales

Cardiff Blues 11 x 12 London Irish, em Cardiff, País de Gales

London Wasps 21 x 14 Gloucester, em High Wycombe, Inglaterra

Newcastle Falcons 8 x 19 Harlequins, em Newcastle, Inglaterra

Classificação, após duas rodadas:

Grupo 1

1 – Sale Sharks – 5 pontos

2 – Leicester Tigers – 4 p.

3 – Saracens – 4 p.

4 – Ospreys – 1 p.

Grupo 2

1 – Scarlets – 7 pontos

2 – London Irish – 5 p.

3 – Gloucester – 2 p.

4 – Newcastle Falcons – 0 p.

Grupo 3

1 – London Wasps – 8 pontos

2 – Harlequins – 6 p.

3 – Cardiff Blues – 5 p.

4 – Worcester Warriors – 5 p.

Grupo 4

1 – Northampton Saints – 8 p.

2 – Bath – 4 p.

3 – Leeds Carnegie – 4 p.

4 – Newport Gwent Dragons – 4 p.

Pelo The Championship, a segunda divisão do Campeonato Inglês, o Bristol bateu seus rivais diretos do Nottingham e está em segundo lugar. A liderança é do aidna invicto Exeter Chiefs, que derrotou o Conish Pirates no duelo do sul.

Resultados:r

Bedford Blues 23 x 7 Moseley, em Bedford

Rotherham Titans 11 x 7 Doncaster Knights, em Rotherham

London Welsh 12 x 26 Plymouth Albion, em Londres

Exeter Chiefs 22 x 15 Cornish Pirates, em Exeter

Birmingham & Solihull Bees 6 x 21 Coventry, em Solihull

Bristol 35 x 11 Nottingham, em Bristol

Classificação, após 11 rodadas:

1 – Exeter Chiefs – 49 pontos

2 – Bristol – 43 p.

3 – Nottingham – 33 p.

4 – Bedford Blues – 30 p.

5 – Cornish Pirates – 27 p.

6 – London Welsh – 24 p.

7 – Moseley – 24 p.

8 – Coventry – 20 p.

9 – Plymouth Albion – 20 p.

10 – Rotherham Titans – 20 p.

11 – Doncaster Knights – 19 p.

12 – Birmingham & Solihull Bees – -13 p.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: