Escalação França X All Blacks


 

Saíram as escalações para o duelo mais esperado do fim de semana. França e Nova Zelândia. Confira neste post mais sobre esse grande duelo.

Os All Blacks vem com 3 alterações em relação a última partida, mais experiente que o anterior. Owen Franks dá lugar a Neemia Tialata, Jerome Kaino entra no lugar de Adam Thompson e Cory Jane  substitui Zac Guildford.

A partida é um marco para Mils Muliaina, que se tornará o segundo jogador que mais vestiu a camisa preta, enquanto Richie McCaw se torna o terceiro, com 80 partidas. O recordista é Sean Fitzpatrick, com 92 jogos, então é praticamente certo que ambos vão passar essa marca. Outro recorde, mas não em matéria de participações e sim de pontos contra a França, pode vir para Dan Carter; para isso, basta que ele marque uma única conversão, pois ele é o recordista junto com Andrew Mehrtens com 92 pontos. Vale lembrar que ele já é o maior pontuador da história dos kiwis, com 967 pontos.

Marc Lievremont, por outro lado, trocou 6 jogadores em relação aos que começaram contra Samoa, reforçando especialemnte os forwards. Volta Damien Traille, Maxime Medard, Yannick Jauzion, David Marty, Sebastian Chabal e Sylvain Marconnet.

Dependendo dos resultados, a França pode chegar à sua melhor classificação em todos os tempos no ranking da IRB. Para isso, basta os australianos sofrerem uma derrota para o País de Gales, em Cardiff. A posição dos All Blacks continua intocada, mesmo com um resultado negativo.

A partida vale o troféu Gallaher, disputado desde 2000 entre as seleções, e foi nomeado assim em homenagem ao capitão dos All Blacks de 1905/1906.

Os All Blacks jogaram 48 vezes contra a França desde 1906, com 35 vitórias para o seu lado. A França levou 12, e ocorreu um empate. A última vez que jogaram em Marselha, os Bleus levaram a melhor.

França: Damien Traille, Vincent Clerc, David Marty, Yannick Jauzion, Maxime Médard; Francois Trinh-Duc, Julien Dupuy; Julien Bonnaire, Fulgence Ouedraogo, Thierry Dusautoir (capitão), Romain Millo-Chluski, Sébastien Chabal,  Sylvain Marconnet, William Servat, Fabien Barcella

Reservas: Dimitri Szarzewski, Nicolas Mas, Lionel Nallet, Julien Puricelli, Morgan Parra, Yann David, Cédric Heymans

Nova Zelândia: Mils Muliaina, Cory Jane, Conrad Smith, Ma’a Nonu, Sitiveni Sivivatu; Dan Carter,  Jimmy Cowan; Richie McCaw (capitão), Kieran Read, Jerome Kaino, Tom Donnelly, Brad Thorn, Neemia Tialata, Andrew Hore, Tony Woodcock

Reservas: Corey Flynn, Owen Franks, Anthony Boric, Tanerau Latimer, Andy Ellis, Stephen Donald, Luke McAlister

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: