Assembléia pode definir criação da Confederação Brasileira de Rugby


O Rugby brasileiro está mais perto de ganhar a sua Confederação Brasileira (CBRu) em dezembro.

O atual presidente da Associação Brasileira da modalidade, Aluisio Dutra, convocou todos os afiliados da entidade para comparecerem à Assembléia Geral do dia 12 de dezembro, em São Paulo, na qual a cúpula diretiva do esporte no Brasil tentará obter a aprovação de dois terços dos votos para oficializar a criação da CBRu.

Somente duas ressalvas sobre essa notícia:

dia 12 estará em disputa o Lions do SPAC, possivelmente os dirigentes estarão com suas equipes. A obrigatoriedade de equipes devidamente filiadas e em dia com a ABR poderá limitar o número de participantes. Apesar de entender que é necessário obrigar as equipes a manter o seu compromisso com o órgão que representa o esporte, seria interessante dar voz à outras equipes também. 

Equipes de todo o país que tenham participado das competições de Primeira e Segunda Divisões nacionais nos anos de 2008 e 2009, que sejam afiliadas e que estejam com as suas obrigações em dia poderão participar do encontro.

A medida faz parte dos planos de crescimento e massificação do rúgbi no Brasil, como parte do planejamento para as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro, quando a modalidade volta ao programa olímpico no formato “seven”. O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) já se comprometeu a direcionar verbas para o rúgbi e o golfe, outro esporte que volta aos Jogos em 2016. Todavia, a entrada de recursos passa pela organização e criação de uma confederação, o que pode acontecer em dezembro.

A Assembléia Geral também irá debater outros assuntos relacionados ao calendário de competições nacionais e internacionais do próximo ano.

Fonte: Gazeta do Povo (PR)

Anúncios

4 Respostas

  1. Como comentei no Twitter os dirigentes da ABR devem pesquisar um pouco mais sobre os nomes escolhidos, pois já existe uma confederação com o nome de CBRu que é a Confederação brasileira de rodeio universitário, basta uma pesquisa rápida no INPI. Ex. Não existe nenhuma confederação esportiva com nome semelhante a CBF, isso cria identidade própria e evita eventuais brigas pelo direito de uso do nome.

    • O nome não será CBRu, mas sim Confederação Brasileira de Rugby. CBRu é apenas uma sigla. Não vejo qualquer impedimento na fórmula.
      No entanto, pessoalmente sou da opinião que deveria ser Confederação de Rugby do Brasil, por forma a que o Nome Próprio do País apareça em vez do respetivo adjetivo.

  2. boa cara!

    outra coisa tem q ser criar o brasileiro da 2/ divissão esse papo d q copa do brasil e 2/ / dinha e muito estrabho!
    no mais o pará apoia!

  3. Crei que a ABR deve ser bastante rigorosa ao tomar, oficialmente a decisão de passar a Confederação.
    Essa transformação dá início a um novo e muito importante ciclo na vida do Rugby no Brasil.
    E este novo ciclo deve ser marcado pelo rigor e pela transparência. E o primeiro sinal deve vir do facto que apenas Membros devidamente filiados nela devem poder votar.
    Todos os olhos estão, hoje, postos na ABR, e os seus atos e a forma como as suas decisões são tomadas, irão determinar como será o Rugby do futuro no Brasil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: