Tem decisão na Heineken Cup


Mas não é a final do campeonato ainda. Ontem, foram realizadas as últimas partidas da fase de grupos, determinando os classificados para as quartas de final. Mas um evento em especial na partida entre Ospreys e Tigers pode dar o que falar.

Com informações de Manuel Cabral e Planet Rugby.

Na partida, vencida pelo Ospreys por 17 a 12, garantindo a sua classificação para as quartas de final, um fato inusitado ocorreu, gerando reclamação dos dirigentes dos Tigers. A equipe do Ospreys ficou, por um breve momento, com 16 jogadores em campo, quando Lee Byrne  retornou a campo após receber atendimento médico devido por uma lesão no dedo do pé. Sonny Parker foi o jogador que o substituiu nos 3 minutos em que ficou fora, mas nenhum jogador saiu quando retornou a campo. Depois, Dan Biggar, abertura do Ospreys saiu de campo.

Um jogador do Leicester apontou a vantagem numérica do adversário ao árbitro da partida, quando este repreendeu a representação do Ospreys por não informar ao 4º árbitro sobre o retorno do jogador.

Pela regra, o árbitro deveria ter concedido um penalty para o Tigers uma vez configurada a situação de vantagem, mas um jogador do Ospreys aparentemente informou o juiz sobre irregularidade semelhante, acusação que o Tigers nega.

Segundo o regulamento do campeonato, o resultado da partida deve prevalecer, mas os Ospreys seguem na ansiedade para saber qual será o desfecho definido pela ERC. Em 2003, a seleção inglesa recebeu da IRB uma punição de 10 mil Libras por permanecer em campo com um jogador a mais por 34 segundos durante partida contra Samoa, ainda na primeira fase. 

Porém, ao contrário do que ocorreu em 2003, no jogo de ontem, alegam os dirigentes do Tigers, Lee Byrne interferiu de modo significativo no resultado, ao impedir a evolução de um ataque do Tigers.

 O dirigente afirmou desconhecer como o fato será julgado pela ERC, mas mencionou o fato de o 16º jogador não ser considerado registrado no jogo (a partir da definição de que somente 15 jogadores são permitidos em campo), o que prevê perda de pontos para a equipe que cometer a falta.

 Nem só no Brasil ocorrem problemas

Anúncios

Uma resposta

  1. Por quanto tempo o Ospreys ficou com um jogador a mais!? Na hora nem deu pra perceber o que tinha acontecido! Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: