Fiji ganha Sevens na Nova Zelândia


Com a vitória das Ilhas Fiji sobre Samoa, confirmou-se uma vez mais, o domínio das equipas das Ilhas do Pacífico sobre toda a concorrência.

Os Sevens parecem cada vez mais um negócio de família.

Mas a verdade é que isso não é por acaso, e basta olhar atentamente para a profusão de torneios que se desenrolam nas Fiji e nas outras Ilhas do Pacífico, na constante participação de ilhéus nas mais diversas e poderosas equipas de convite, para entender aquela superioridade.

Com esta vitória as Fiji consolidam a segunda posição no ranking, agora apenas a quatro pontos da Nova Zelândia, e Samoa subiu ao terceiro lugar, por troca com a Inglaterra

De notar a entrada do Canadá para a 10ª posição e a descida de três lugares da Argentina.

Depois da vitória nos Torneios do Dubai e de George, os All blacks perderam o segundo jogo da época, curiosamente contra o mesmo adversário. Só que desta vez, frente ao seu público, as conseqüências foram fatais. Os Blacks deixaram o Westpac Stadium pela porta dos fundos.

A Inglaterra, eliminada pelas Ilhas Fiji, foi nesta época a única equipa do hemisfério norte a conseguir chegar às meias finais de um torneio das Séries Mundiais, o que acontece pela segunda vez.

Quanto à Plate, repetiu-se a final do Dubai, com a Austrália a repetir a vitória sobre a África do Sul.

No luta pela Bowl e pela Shield, a Papua só com derrotas, e a Escócia, apenas com uma vitória na fase de grupos, precisamente sobre a Papua, confirmaram-se como as mais fracas equipas do Torneio.

Aliás temos que juntar a estas duas equipas a seleção de Niue, também com uma única vitória, sobre a Escócia.

De qualquer forma, a posição das três equipas não foi novidade, apenas confirmando os resultados obtidos noutras ocasiões.

Tonga e os EUA disfarçaram a fraca participação disputando a Shield, com a vitória a pertencer aos americanos.

Surpresa foi a actuação da Argentina, que mais não conseguiu que vencer a França nos grupos, e Tonga nos quartos de final. Muito pouco para a equipa terceira classificada no Campeonato do Mundo do ano passado, e que nos dois anteriores Torneios conseguiu sempre estar entre as oito melhores, tenso mesmo disputado uma meia final em George.

O País de Gales teve a pouca sorte de ficar no grupo doa All Blacks e dos Sprngboks, mas reagiu bem e ganhou todos os outros jogos que fez, somando três Bowls em outros tantos Torneios

A finalista vencida da Bowl, a França, foi a equipa que mais evoluiu durante o Torneio, perdeu com Samoa e Argentina, mas vendeu cara a derrota contra o Canadá, ainda na sexta feira, para hoje, se impor perante os EUA e Niue.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: