França vence fácil em casa


 A França recebeu hoje a Itália, no Stade de France, para consolidar a sua posição de líder no campeonato e vencer mais uma etapa rumo ao Grand Slam. Conseguiu os dois objetivos ao bater a seleção italiana por 46 a 20, definindo o jogo ainda no primeiro tempo.

A França enfrenta a Inglaterra na próxima semana, e pode conquistar o Grand Slam sobre seus maiores rivais, em casa. A Itália cumpre tabela contra o País de Gales, em um jogo que pode se tornar interessante se a Itália mostrar a evolução que apresentou nesse campeonato.

A França começou o jogo pressionando muito, evidenciando a sua superioridade técnica frente os visitantes, empurrando a defesa italiana em seu campo defensivo. Tanta pressão deu resultado rapidamente, com um try de Harinordoquy, convertido por Parra, aos sete minutos de jogo. O mesmo Parra aumentou a diferença para 10 pontos, ao acertar uma das muitas penalidades cedidas pelos italianos no começo do jogo. Visivelmente nervosos, os italianos se deixaram dominar e não conseguiram armar jogadas.

Logo na sequência, um duro golpe para os italianos, com um cartão amarelo merecido para Gonzalo Garcia. O ponta italiano parou uma grande jogada de Marc Andreu que havia começado no campo defensivo francês em uma faixa estreita do campo com auxílio da linha. O ponta francês chutou a bola por cima de Garcia e ao correr, foi bruscamente impedido pelo italiano, sem bola, com um encontrão digno do futebol australiano.

Não demorou dois minutos para David Marty mergulhar no ingoal adversário e fazer o segundo try francês, após um passe de Trinh-Duc direto para o segundo centro, que teve muito espaço na desorganizada linha italiana para passar e fazer o seu primeiro try. Parra, garantiu mais 2 pontos. Estava desenhado o passeio francês, com 17 pontos e menos da metade do primeiro tempo por jogar.

No reinício, após um vacilo italiano nos passes, que foi a tônica do jogo italiano no primeiro tempo, David Marty fez o seu segundo try mergulhando na ponta direita, dessa vez em jogada que começou com Yannick Jauzion superando dois italianos que tentaram o tackle, seguiu com Bonnaire, em grande jornada, que teve nada menos que 3 jogadores para servir, contra o indefeso Luke McClean de fullback para impedir. Não conseguiu. Parra errou a sua única conversão na partida.

O técnico Nick Mallet substituiu o seu halfscrum Tito Tebaldi por Pablo Canavosio, e a equipe melhorou, apesar de não refletir prontamente no placar. Ambas equipes chegaram perto de marcar, mas, se por um lado o line italiano entregava bolas para os franceses nas poucas vezes que chegaram perto do ingoal adversário, a defesa melhorou e Andrea Masi conseguiu salvar o que seria um try de Poitrenaud, após jogada rápida dos franceses que o fullback terminou por chutar e correr atrás da bola, sendo superado pelo italiano. No fim do primeiro tempo, Mirco Bergamasco colocou os primeiros pontos da Itália no placar. Fim do primeiro tempo, França 22 X 03 Itália.

No segundo tempo, a França tirou o pé e a Itália conseguiu jogar mais, ainda que sem ameaçar o ingoal francês. Bergamasco e Parra acertaram cada um uma penalidade, mantendo a confortável vantagem francesa de 19 pontos. A linha italiana com Canavosio melhorou muito, e o próprio jogador foi responsável por uma bela jogada que deixou sua equipe a 5 metros de seu primeiro try, vencendo os marcadores com velocidade. No entanto, a França impediu o try italiano com um ótimo trabalho defensivo.

Mesmo que o momento favorecesse a Itália, quem chegou ao try novamente foi a França, com Marc Andreu, que recebeu um grande passe de Trinh-Duc e recebeu uma ajuda da defesa italiana mal postada, permitindo que o rápido ponta mergulhasse no ingoal sem oposição. Na sequência, a história se repetiu, com grande avanço de Gonzalo Garcia, que perdendo a bola ao entrar os 10m adversários, em um tackle duríssimo, cedeu a posse aos franceses que armaram o ataque, culminando no try de Jauzion, que recebeu a bola de Andreu e, superando 2 tackleadores, conseguiu apoiar praticamente debaixo dos paus. Com a conversão, a França chegou a 39 a 6.

Ainda atordoada com mais um try cedido, a França teve uma chance desperdiçada com Chabal, que se viu obrigado a fazer um passe de mais de 5 metros e perdeu a chance de deixar o ponta francês sozinho para marcar mais um try, ao mandar o passe pela lateral. No entanto, a fatura foi encerrada minutos depois, com Lapandry, que apoiou no ingoal sem problemas, após a linha francesa conseguir uma rápida troca de passes e avançar sobre os perdidos italianos.

Foi a partir desse momento que se deu a reação italiana. A seleção já vinha mostrando melhora nos ataques, mas o posicionamento de seus backs deixava muito a desejar, com grandes espaços na defesa, e erros de passe e na finalização, mas em uma jogada rápida, no mesmo estilo dos franceses, chegaram ao seu primeiro try, com Antonio del Fava, que havia entrado pouco antes, após uma sequência bem executada de passes que conseguiu despistar os marcadores franceses, que chegaram tarde demais sobre o italiano. A jogada se repetiu minutos depois, desta vez com Canavosio fazendo o papel de del Fava, apoiando no ingoal. Mirco Bergamasco garantiu as duas conversões, reduzindo a vantagem francesa para apenas 26 pontos, porém tarde demais.

A França visivelmente poupando seus jogadores, cadenciou o ritmo de jogo até o fim, garantindo uma vitória tranquila e certa de que o Grand Slam deverá vir diante dos olhares de sua torcida na próxima semana, contra os ingleses. A Itália não conseguiu apresentar um bom jogo, se destacando somente na segunda metade do 2º tempo, quando os franceses reduziram um opuco seu ritmo. Enfrentam os galeses na próxima rodada.

Placar final França 46 X 20 Itália

França

tries: Imanol Harinordoquy (1), David Marty (2), Marc Andreu (1), Yannick Jauzion (1), Alexander Lapandry (1)

conversões: Morgan Parra (5)

penais: Morgan Parra (2)

 Itália

tries: Pablo Canavosio (1), Antonio del Fava (1)

conversões: Mirco Bergamasco (2)

penais: Mirco Bergamasco (2)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: